23 de jun de 2011

Pro fds!!
"Eu gosto de quem facilita as coisas.
De quem aponta caminhos ao invés de propor emboscadas.
Eu sou feliz ao lado de pessoas que vivem sem códigos,
que estão disponíveis sem exigir que você decifre nada.
O que me faz feliz é leve e, mesmo que o tempo leve, continua dentro de mim.
Eu quero andar de mãos dadas com quem sabe que entrelaçar os dedos
é mais do que um simples ato que mantém mãos unidas.
É uma forma de trocar energia, de dizer: você não se enganou, eu estou aqui.
Porque por mais que os obstáculos nos desafiem o que realmente permanece,
costuma vir de quem não tem medo de ficar."

(Fernanda Gaona)

“É leve o que nos faz feliz...” Com carinho, um fds clean, light and bright a vocês.

20 de jun de 2011

Você é Uma Pessoa Influenciável?ɷ(ړײ )ɷ

Muitas pessoas resistem para admitir que sim, pois acreditam que isso é sinônimo de pessoas fracas e sem personalidade. Mas, o fato é que somos influenciáveis por natureza e o nosso círculo de convivência tem relativa participação nisso. Isso indica que devemos observar atentamente as mensagens que recebemos porque corremos o risco e nos tornar parecidos com pessoas de hábitos e atitudes que não toleramos.

O contrário também é verdadeiro. Conviver com pessoas entusiasmadas, saudáveis, cheias de energia, de bem com a vida e prósperas nos influencia a ter características semelhantes. Reflita um pouco sobre quais as influências que você vem recebendo e o quanto elas têm favorecido para a sua condição atual. Já que a influência de pessoas ou circunstâncias é um fato escolher as pessoas que podem nos influenciar torna-se uma atitude sábia.

Desde muito cedo as pessoas tentam viver a vida dos outros e muitas vezes esquecem-se de explorar a sua própria vida, porque, meus amigos, qualquer pessoa consegue ser um Ser Humano maravilhoso, desde que use a cabeça ao mesmo tempo que usa o coração
Outros dos defeitos que detesto em muitas pessoas é o de tentarem impor os seus pensamentos e idéias infrutíferas, pois todos nós sabemos que pessoas minimamente inteligentes sabem que estão neste mundo e que não são só uns calhaus com olhos. Portanto podemos pensar e tirar conclusões do que vimos e ouvimos.

Se você não deseja ter em sua vida hábitos, atitudes e condições parecidas com as pessoas da sua convivência hoje é hora de mudar. Faça novas amizades. Permita-se criar relacionamentos com outros colegas de trabalho. Destaque um mentor para inspirá-lo de forma positiva e, principalmente, fique atento às influências que está recebendo para não acabar tendo uma vida que você não queria e conviver com pessoas que você não gosta, pois, de acordo com um velho amigo “diga-me com quem andar que eu te direi para onde vais.

Meus amigos, doa a quem doer, abram a boca e transmitam o que lhes vai na alma, não tenham medo de levarem um riso da outra parte. Uma das coisas que ainda temos de grátis no mundo é a liberdade de pensamento e de expressão.


Só agora eu sinto que as minhas asas eram maiores que as dele,
e que ele se contentava com os ares baixo;
eu queria grandes espaços, amplitudes azuis onde meus olhos pudessem se perder e meu corpo pudesse se espojar sem medo nenhum.
Queria e quero- ainda.
Voar junto com alguém, não sozinha.

Caio Fernando Abreu


Não existe idade para se apaixonar, é algo que acontece naturalmente e muitas vezes é quando menos percebemos.

16 de jun de 2011


"Não sei fingir emoções, não sei esconder o que sinto,
não sei falar do que não me toca,
não sei NÃO falar do que me toca...
Sou toda histérica, tenho um corpo que fala por mim.
Não sei me fazer de forte, não sei estancar ferida.
Minha carne grita, minha dor vaza, meu olhar implora.
Me esparramo pelos olhos, impossível não me ler.
Mas tem sempre um ponto onde me escapo,
alguma coisa de ilegível e inalcançável,
estranho e misterioso que me faz desconfiar
de que seja justamente neste estranho encontro
com o desconhecido de mim
que eu surja de verdade.

-Sophia Compeagá-

Noite de lindos sonhos!

14 de jun de 2011

“Para Descontrair um Pouco”.



Um dia, a mulher e seu amantíssimo marido estavam passeando no campos quando ele tropeçou e caiu no rio. A infeliz mulher, então, suplicou a Deus por ajuda.
Ele apareceu e perguntou:
- Mulher, por que você está chorando?
A mulher respondeu que seu esposo caíra no rio.
Imediatamente Deus mergulhou e tirou o Rodrigo Santoro, e perguntou:
- É este seu marido?
- Sim, sim, respondeu a mulher.
E Deus se enfureceu.
- Mulher mentirosa!!! - exclamou.
Mas a mulher rapidamente se explicou:
- Deus, perdoe, foi um mal-entendido. Se eu dissesse que não, então o Senhor tiraria o Gianecchini do rio; depois, se eu dissesse que não era ele, o Senhor tiraria meu marido; e quando eu dissesse que sim, era ele, o Senhor mandaria eu ficar com os três. Mas eu sou uma humilde mulher, e não poderia cometer bigamia...
Só por isso eu disse 'Sim' para o primeiro deles.

E Deus achou justo, e a perdoou.

Moral da história:
Mulher mente de um jeito que até Deus acredita.



A vida pode ser mais leve. Mais lúdica.
Se eu não brincasse, enlouqueceria.
Não posso nem sei ser essa imagem que tanta gente
congelou a respeito do que é ser adulto.
Passo longe desse freezer. Quero o calor da vida.
Quero o sonho e a realidade melhor que ele puder gerar.
Quero alguma inocência que não seja maculada.
Quero descobrir coisas que não suspeito existirem e,
que para minha surpresa, têm significado para o meu coração.
Adulta, quero caminhar de mãos dadas, vida afora,
com a criança que me habita: curiosa, arteira, espontânea.

(Ana Jácomo)


Boa semana pra você!

Maravilhosa semana!

“Não podemos fazer muito sobre a extensão de nossas vidas,
mas podemos fazer muito sobre a largura e a profundidade delas.”

-Evan Esar-

Eh isso ai amiga Cely...bora viver...

Tudo que demora tem
paradoxalmente
pressa, urgência, fome, sede, culpa, fé

a indefinição é seu sinônimo.

É quando menos se espera e da forma mais inesperada
que acontece. Então, depois de tantas esperas, de frente
à definição, reina a interrogação:

_ E agora? É o fim?

[Para todo fim, um começo]
Bjos no seu tum-tum

5 de jun de 2011

Pensamento Budista - ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo dágua e bebesse.
- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.
Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água.
Enquanto a água corria do queixo do jovem, o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! Disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? Perguntou o Mestre.
- Não. disse o jovem.
O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:- A dor na vida de uma pessoa não muda.
Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.
É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.
Em outras palavras: É deixar de Ser copo para tornar-se um Lago.