11 de abr de 2016

Sem o ego, só o amor! O amor é a fonte da eternidade


Ponte Sublime.
Egoísmo prende
e o amor liberta.
Egoísmo agride
e o amor consola.
Egoísmo arruína
e o amor constrói.
Egoísmo se retrai
e o amor convive.
Egoísmo absorve
e o amor distribui.
Egoísmo se fecha
e o amor expande.
Egoísmo deprime
e o amor estimula.
Egoísmo desanima
e o amor reergue.
Egoísmo acovarda
e o amor encoraja.
Egoísmo consome
e o amor fortalece.
Egoísmo é a morte em vida. O amor, porém é a vida sem morte. Entre eles há enorme abismo, para cuja travessia Deus nos oferta a ponte sublime da caridade.
André Luiz.
Livro Vivendo o Evangelho Vol.I

Nenhum comentário:

Postar um comentário