24 de out de 2013

Meditando o Evangelho de Quarta-Feira, 23 de Outubro



Evangelho de hoje: Lc 12,39-48


Se o senhor soubesse a que hora viria o ladrão, vigiaria sem dúvida e não deixaria forçar a sua casa.
Estai, pois, preparados, porque, à hora em que não pensais, virá o Filho do Homem.” Disse-lhe Pedro: 
"Senhor, propões esta parábola só a nós ou também a todos?”.
O Senhor replicou:
"Qual é o administrador sábio e fiel que o senhor estabelecerá sobre os seus operários para lhes dar a seu tempo a sua medida de trigo? 
Feliz daquele servo que o senhor achar procedendo assim, quando vier!
Em verdade vos digo: lhe confiará todos os seus bens. 
Porque, a quem muito se deu, muito se exigirá.
Quanto mais se confiar a alguém, dele mais se há de exigir”.

Comentário

Após nossa morte estaremos diante de Deus para lhe prestar contas do que fizemos com os dons que ele nos confiou. 
Portanto, é necessário não perdermos o tempo precioso que ele nos dá, para os fazer render.
Seremos julgados pelo que tivermos feito aos irmãos. 
Quando dermos de comer, beber, quando vestirmos quem estava sem roupa, visitarmos os doentes e os presos, será como se fosse a ele. 
O grande obstáculo é nosso egoísmo que não nos deixa ser generosos e "arranja” mil pretextos para fugirmos do cumprimento desse novo e fundamental mandamento.


Senhor,
a minha maior vontade, é fazer a Tua vontade.
Ajuda-me, Senhor, e guia-me em cada momento da vida que me deste.

Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário